sábado, 13 de dezembro de 2008

Paciência ( outro termo, please... Já n posso c este!!!)

Hoje apetece-me dissertar sobre a palavra paciência, que confesso, começo a abominar...
Não me apetece ir trabalhar, mas paciência, tenho de ir; apetece-me ficar a dormir, mas paciência, tenho me levantar que a minha melguinha de 5 anos está a berrar q quer o pequeno almoço; n me apetece ir pra piscina, mas paciência, tenho de ir, faz bem à saude e ajuda a manter a maldita da linha que por esta altura já teima em ficar uma corda daquelas com que salatava aos seis de idade... Apetece-me comprar "aquela" Luis Vutton, mas paciência, não posso porque levava-me o ordenado e o resto do mês tinha de ir pra porta da Igreja tocar viola e pedir esmola, e confesso, não sou muito boa nessas coisas de instrumentos musicais; e pra além disso a solidariedade no nosso pais... Apetecia-me ter tempo pra ler o jornal todas as manhas, mas entre acordar, despachar, levar a melguita à escola, e chegar a horas ao trabalho, a maratona já é de tal forma longa, que inserir uma paragem no quiosque da Dona Rosa pra comprar o jornalito, assume um carácter de tarefa inatingivel, digna de medalha olimpica quando conseguida... Prai uma vez por mês, exceptuando obviamente o fim de semana; olha, paciência...
E apetecia-me ainda mais algumas coisas, muitas mesmo; mas enfim; olha paciência, paciência, paciência, paciência...
Ou entretanto algum iluminado desaparece com esta palavra do nosso dicionário, ou quem lhe "dá cabo da saúde" sou eu mesma. Esperem pra ver...

Sem comentários:

Enviar um comentário

Deixar um sorriso...

Seguidores