sexta-feira, 20 de maio de 2016

sabonetes de lavanda

Tenho sempre uma inveja requintada da imperial e dos caracóis, principalmente em dias de jogo. São aos magotes, homens e mulheres que se encontram na esplanada ao sol morno da tarde, acendem os cigarros, discutem as faltas, os foras de jogo, os golos falhados e os apontados, alguns combinam eventualmente outro encontro glorioso, mais para a noite, polvilhado por pimenta preta ou cantigas de encantar. Passo normalmente de carro, e nunca me junto à festa. Vou sempre em alguma direcção, levo sempre outro caminho, persigo usualmente um importante objectivo, que pode ser comprar uma alface, entregar uma encomenda, pagar uma conta ou trabalhar. Passo com a sensação amena de que não aprecio nada daquilo. Sei de mim para mim mesma que não me sentaria ali, no meio da multidão, de copo na mão, tremoço no prato, sorriso na boca e no rosto. A inveja vem normalmente depois, quando respiro fundo e descubro que a felicidade fácil deveria ser obrigatória de aproveitar. O Deus das pequenas coisas anda ali, e eu nunca o vi. Ainda não foi hoje, mas um dia destes, juro-vos, contrario o corpo e vou experimentar. Se não conseguir encontrá-lo peço o livro de reclamações, escrevo o que tenho a escrever, levanto-me e vou procurá-lo num outro lugar. A loja do Sousa, por exemplo, deve ser um bom lugar para se começar. Descobri que vende uns sabonetes de lavanda lilás de subir aos céus, vou comprar umas caixinhas e colocá-las a perfumar as gavetas do meu quarto. No regresso da loja tudo terá terminado, e posso sentar-me à vontade enquanto a cidade festeja ao longe, já fora dali. Nesse momento peço uma água, respiro fundo, sinto o cheiro da lavanda a entrar pelas minhas narinas, e fico mais sossegada. Acompanhada do meu Deus, serei capaz de ali ficar.

8 comentários:

  1. Momentos de prazer que por vezes precisamos desfrutar para temperar os sabores menos doces da vida... Também gosto de guardar nas gavetas os sabonetes com o cheirinho da Lavanda. Isabel Q

    ResponderEliminar
  2. Que não nos esqueçamos nunca de nos fazer acompanhar pelo nosso Deus. Mesmo quando ele teima sem se esconder de nós...

    Um beijinho, CF :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom fim de semana Miss Smile. Um beijinho para si :)

      Eliminar
  3. Pois eu, ao contrário da CF cada vez mais aproveito as pequenas coisas.
    Às vezes, 5 minutos só meus (sozinha ou acompanhada, em silêncio ou no meio da multidão), apagam horas de rotina obrigatória mas indesejada...
    Beijinho CF

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também aproveito algumas pequenas coisas. Fujo é muito de multidões... :)

      Eliminar
  4. sabe bem, sim.
    gostei de aqui chegar.li pequenas coisas que para mim são sempre as maiores. :)

    ResponderEliminar

Deixar um sorriso...

Seguidores