segunda-feira, 18 de julho de 2011

Línguas de gato


Os perfis para analisar apinham-se, alguns deles, com data marcada para entrega. A secretária do trabalho sentiu-se com a minha ausência e atolou. Ando a ver se dou conta do recado sem colapsar na chegada das férias. Agora, vou entregar-me a um Barilan, que para quem não sabe, é uma prova semi projectiva, para crianças em idade escolar. Entrego-me ainda a línguas de gato, e amanhã, será outro dia. Não sei se já vos tinha dito que adoro línguas de gato. Um processo que se dá essencialmente, porque as julgo pequenas e secas, e portanto, inofensivas. Como tal, devoro-as às dúzias, transformando-as num sério inimigo. A minha vida, está cheia destas relatividades. Ou seja, coisas objectivas e claras, que eu deformo ao sabor da vontade.

3 comentários:

  1. A vontade com sabor a língua de gato :)

    ResponderEliminar
  2. Epá! e as areias que a minha mãe faz?!... sabes lá! Tem sido um suplício LOL

    ResponderEliminar
  3. Ui, o que eu gostava disso. Daquelas com trago a canela :)

    ResponderEliminar

Deixar um sorriso...

Seguidores