quarta-feira, 23 de outubro de 2013

...


(Andam aí outra vez, mas nenhuma das novas chega aos calcanhares de Adeus Tristeza. Tenho para mim que é da melodia, a lembrar-me a entrada num casório qualquer. Gosto de casamentos, e isto independentemente da amizade que me una aos noivos. Não tem rigorosamente nada a ver com o amor e a cerimónia, isso é com cada um. É porque é das poucas alturas da minha vida em que posso usar chapéu, pintar os lábios de vermelho e embrulhar-me num lenço de seda, sem parecer excessiva. E isso, já é cá comigo.) 

2 comentários:

Deixar um sorriso...

Seguidores