quinta-feira, 17 de outubro de 2013

mudanças

pela vida.  Quis o mundo que as mulheres gerassem, que as mulheres parissem, que as mulheres criassem. Quer ainda que as mulheres agradem, que as mulheres sejam, que as mulheres amem. A sociedade aprimorou-se e hoje exige que sejam belas, mas que mantenham o resto. O resto faz viver o mundo real, mas a realidade não se prende apenas com a concretização do corpo. A construção interna de uma imagem feminina tem direito à beleza, que morre com o passar da vida. E com a continuidade da mesma. Ora bolas, que não encontro um final perfeito. Valham-nos então os felizes, pois.  

Sem comentários:

Enviar um comentário

Deixar um sorriso...

Seguidores