sexta-feira, 16 de novembro de 2012

90



" as palavras proferidas pelo coração não tem língua que as articule, retêm-nas um nó na garganta e só nos olhos é que se podem ler"
José Saramago

Podia ter chegado aos noventa, hoje, não foi o caso. Deixou-nos um legado precioso transposto em letras, do mais rico que há. Aquela ali é uma, não só porque sim. Mas há mais. Muitas mais.

8 comentários:

  1. Um legado fabuloso e que muitos não conhecem apenas por não gostar do homem. A obra de Saramago é grandiosa!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A obra de Saramago é grandiosa, é isso. E as obras grandiosas falam por si, independentemente do resto...

      Eliminar
  2. Quem escreve palavras como essas, não morre nunca...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso cara Teresa. Saramago é um dos grandes que temos. Orgulha-me que seja Português, tal como eu...

      Eliminar
  3. Adoro Saramago...Evangelho Segundo Jesus Cristo, uma obra prima (pelo menos para mim).

    Sorrisos e bom fim de semana CF.

    ResponderEliminar
  4. Cara Ana, entre outros. Se não leu, leia o Ensaio sobre a Cegueira. E as Intermitências. E Caim, e por ai fora :)

    ResponderEliminar
  5. Já li vários livros dele e fico sempre remexida até lá ao fundo, completamente vencida. Exausta, até. Um senhor, um génio.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Remexem, é isso. São intensos e profundos. Transportam-me, muitos deles, para a nossa natureza. Talvez por isso, muitos não gostem...

      Eliminar

Deixar um sorriso...

Seguidores