quarta-feira, 7 de novembro de 2012

Nós

Fico sempre muito satisfeita quando se inicia à minha frente uma discussão feminina, por nada. Porque muitas de nós têm o extraordinário condão de conseguir transformar tudo em problemas. E conseguimos até, pasme-se quem disto não sabe, que aquele nada pareça mesmo um problema verdadeiro. Puxa pá, somos mesmo boas nisto. 

( Sim, sei que a exclusividade da proeza não é nossa. Mas há que levar os louros a quem os merece. E se não é só nossa, é no mínimo muito mais nossa.)

6 comentários:

  1. :)Podes crer. Umas mais do que outras, ainda assim;) (In)felizmente. :)

    ResponderEliminar
  2. Fátima, já que é de género, direi felizmente... :)

    ResponderEliminar
  3. E não é que é mesmo?! Aquilo de fazer uma tempestade/tsunami num copo de água é mesmo mais cosa nostra!

    ResponderEliminar
  4. Sim Cat, é muito nossa. É uma das coisas que invejo ao lado de lá :)

    ResponderEliminar
  5. É por essas coisas que por vezes me apetece esquecer por uns dias que sou mulher. Só a ver se as tempestades cessam.

    ResponderEliminar
  6. Seremos todas parecidas, mas não seremos todas iguais. Não sei, parece-me. E é um coisa na qual quero acreditar até ao limite do razoável...

    ResponderEliminar

Deixar um sorriso...

Seguidores