sábado, 5 de janeiro de 2013

relógios

Permitir-me que o despertador não me acorde é um luxo que reservo para dias esquecidos no calendário do ano. Assim um entre outros, muito de longe em longe, quando o corpo reclama pela cama quente muito além do que me é possível suportar em sossego. Nessas alturas acautelo os afazeres, componho as cobertas macias, armazeno alimentos na véspera que me permitam ao estômago o conforto necessário para que não acorde ao primeiro sinal da manhã e deito-me para adormecer quando o cansaço quiser, sem imposições de urgência ou delongas obrigatórias. Deixo depois correr a noite até que o dia me entre pelo corpo, sem  atentar a horas ou a outro tipo de deveres incumbidos seja pelo que for. Depois quando descubro que o sol de Inverno resolveu estar nesse dia, sucumbo à perfeição da natureza que acorda junto comigo e me permite a deambulação quase matutina, apenas limitada pelo sono que se quis longo. Mea culpa, claramente. Saio e de entre o destino escolhido surge um outro, que a feira encontrava-se  languidamente estendida sobre a calçada, debaixo do sol, e reunia dezenas de livros bafientos por entre os quais me passeei sob o olhar atento das velhas sentadas em bancos armados à ocasião. Todas tinham um avental de bolsos largos e um chapéu de palha, cada um com sua função específica, um para guardar o sustento, o outro para guardar o corpo, vai-se a ver e servem mais ou menos os mesmos propósitos, embora de formas distintas. O regresso a casa foi feito por entre uns locais predefinidos, onde entro e saio em nome da vaidade, um terrível feitiço que me persegue a existência. A poder, livrar-me-ia dele para todo o sempre, confesso, que só assim teria percorrido a feira totalmente descansada. Ainda que sem se querer, admitamos, o relógio toca sempre alguma vez.

2 comentários:

  1. Detesto relógios, principalmente aquele que desperta ás 6 da manha :)

    Vou estar uma semana inteira sem ouvi-lo ...iuppiii

    Sorrisos

    Ana

    ResponderEliminar
  2. Que sorte, Ana, por cá, foi só ontem... Boas férias, então. :)

    ResponderEliminar

Deixar um sorriso...

Seguidores