quinta-feira, 14 de março de 2013

a nossa Albertina Francisca, mortal,

aqui, por Tânia Raposo.

5 comentários:

  1. Uma crónica muito sentida e bonita. Parabéns à Tânia Raposo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim Paulo, de facto. Sentida mesmo, acredita...

      Eliminar
  2. =) Muito bonita, sem dúvida...C.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Está, não está C.? E é tão nossa a história...

      Eliminar

Deixar um sorriso...

Seguidores