domingo, 22 de fevereiro de 2009

O dia de hoje...

O Mote: o dia de hoje, que caso não saibam é o Dia Europeu das Vitimas de Crime...
Falando directamente sobre a violência sobre as Mulheres os números são assustadores... Sobem as denúncias (embora ainda muito longe do desejável), pior é que as condenações nem por isso. Culpas, há muitas; numa sociedade marcadamente machista, julgamos que a tendência se inverte, mas na minha opinião ainda nos encontramos a anos luz de distância não do ideal, mas do razoável... Felizmente, estamos muito à frente de outros países onde o panorama é ainda mais negro, relativamente aos direitos das Mulheres. De qualquer forma, não sou apologista de nos contentarmos com pouco só porque os outros têm menos... A nossa sociedade necessita de evolução urgente neste campo. No entanto, e com alguma tristeza constato que, e embora seja também um problema politico e constitucional, é uma problemática que vai muito mais além... É um problema social, e aí sim, é difícil mexer; é difícil mudar mentalidade, mesmo quando para melhor...
Infelizmente, ainda é patente na nossa sociedade, tal como diz diz Carlos Poiares, Psicólogo Criminal, hoje no Público, que "Entre marido e mulher não se mete a colher"... Permitindo que muito se faça, sob a cumplicidade de olhares, que se fecham, que se calam; indo um pouco mais longe, surge o assustador " Quanto mais me bates mais eu gosto de ti"... outra expressão popular Portuguesa, que me indigna pela falta de carácter, de força e de amor próprio das Mulheres. Não percebo, por muito que analise até ao ínfimo pormenor; não me é possivel encaixar em nenhuma teoria que me faça sentido... O caminho parece-me longo; mas como dizia alguém que muito aprecio, faz-se caminhando; é importante que cada um de nós consciencialize que tem um papel activo nesta mudança; como pais, mães, educadores... Infelizmente denoto alguma inercia, ou ainda, em alguns casos, algum cultivo da cultura machista... Por favor, estamos no século XXI... Tanta evolução, e nos assuntos de fundo, primordiais para uma boa evolução da sociedade, tudo enfia a cabeça na areia como a avestruz...

Sem comentários:

Enviar um comentário

Deixar um sorriso...

Seguidores