quarta-feira, 30 de novembro de 2011

...

Sabemos que a lamentação chegou ao exagero quando, pela manhã, deixamos largar do banco da frente, um Ai, ai... E do banco detrás, surge de imediato, A minha vida...

Sem comentários:

Enviar um comentário

Deixar um sorriso...

Seguidores