quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Um Método Perigoso

Estreia hoje Um Método Perigoso. David Cronenberg propõem-se a entrar nos meandros da Psicanálise, esmiuçando os dois Psicanalistas mais influentes que temos na história, Freud e Carl Jung. Estou curiosa, só posso estar, embora não seja esta a corrente que me rege profissionalmente, por julgá-la demasiado rebuscada em determinadas vertentes de análise. Ainda assim, e para quem de alguma forma se interesse pela mente humana, ou mesmo até apenas para os curiosos de carácter mais esporádico, parece-me segundo o que já li e ouvi, um bom filme para nos pôr a pensar. Esta dimensão mais intrínseca que todos temos, e muito embora, tal como já disse, quando válida só por si, possa soar-me a exageros descabidos, pela redução extrema que se faz à conduta, não deixa de ter fundamentos assustadoramente válidos, na compreensão de quem ousa entrar dentro da alma, sem medo, para a dissecar sem limites. As pulsões internas, valorizadas e admiradas pela vertente psicanalítica, constituindo a base da sua intervenção, explicam-nos muitas vezes comportamentos dificilmente justificáveis, se não ousarmos entrar nos meandros do inconsciente. Dois homens rectos, de postura sólida e fiável, com cabelo abrilhantado e colete abotoado na frente, protagonizam o protótipo da seriedade, enquanto do outro lado, uma histérica, manifesta portadora dos síndromas da disfunção interna, grita em estado descompensatório, porque lá dentro, pulsões impulsionam. Um deles, parece gostar disso. Admito que apesar de tudo, esta corrente me apaixona, pela importância que dá aos mistérios da mente. É sem qualquer sombra de dúvida, a que mais se debruça sobre a vertente mais recôndita do Homem. E pensemos em conjunto, sem limite, se façam o favor, coisa essa totalmente descabida quando se fala em Ids, Egos e Super Egos, se não sentimos todos pulsões a arrastar. Que encaixamos racionalmente, ouvimos mais ou menos, fingimos até que nem ouvimos. Ou então, por vezes, damos-lhe todo o sentido.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Deixar um sorriso...

Seguidores