sábado, 28 de agosto de 2010

Às terças

Falo por ora no Morrie, um doente com Esclerose Lateral Amniotrófica (ELA), que me acompanhou em férias. Um livro escrito por um colonista, antigo aluno do professor Morrie, banal em termos de escrita. No entanto, transporta-nos com uma simplicidade certeira, ao mundo de alguém com pouco tempo de vida, totalmente consciente do fim que se aproxima, e que atinge, internamente, um patamar supremo da existência humana.
Já tinha dito que o levaria, e após -lo, tenho de aconselha-lo. Diz o título, às terças, com Morrie. Mas comecem já, se vos for possível. Ninguém se importará em ser Sábado.

1 comentário:

Deixar um sorriso...

Seguidores