domingo, 8 de agosto de 2010

Companhias, lições e de como a imperfeição também pode ser quase perfeita

Ela tem quarenta e muitos, ele tem trinta e poucos. Ela tem uns olhos azuis lindos de morrer, ele tem uma pele preta, sendo que maior negrura, seria difícil. Encontraram-se, apaixonaram-se, partilham o que esta vida lhes dá e o que já lhes tirou, que não é tão pouco como isso, e essa ausência, a do que a vida nos leva, também é para partilha, ai se não é, que tão bem sabe, ter quem nos conheça as percas. O desafio a quem os circunda foi grande, até porque inúmeras outras diferenças existem, nomeadamente níveis culturais e posições sociais, aquelas coisas que as pessoas tanto gostam de analisar, criticar quando não combina, como se os amores, fossem assim, uma coisa que tem de fazer pendant, como a calça e o casaco ou o sapato e a mala. Os Pais dela, ricos Senhores, por fora, bem que se entenda, rejeitaram, como de resto, ela já esperava. Quem os cruza, às vezes bichana, alguma coisa que anima quem diz, mas que a eles, não aquece nem arrefece, que estão por demais entretidos com a mão na mão do outro, para se atingirem com estas mesquinhices alheias de quem mais não tem que fazer, e que de resto, nem bem abrange a plenitude do que lhes vai na alma.
Por isso, deixam falar, que é a ignorância, e a ela, também tenho por certo, que nunca a conseguiremos calar. O futuro, nem lhes importa muito. Importa-lhes mais o presente, que encaram como isso mesmo, um presente, dado pela vida que já tanto lhes tirou e que agora resolveu dar-lhes. A companhia um do outro.
E tenho para mim, que nenhum outro presente os aprazia tanto.

5 comentários:

  1. Ainda existem histórias de amor...
    ;)

    ResponderEliminar
  2. Nem mais, que se lixe o mundo, o que importa é a felicidade!

    ResponderEliminar
  3. Hoje o melhor é não ler mais nada que dentro de mim só a inveja se tem manifestado nesta cruzada blogueira... :):)

    ResponderEliminar
  4. Tanto que eu gosto de ir descobrindo testemunhos destes, de amor e vitória. :)

    ResponderEliminar

Deixar um sorriso...

Seguidores