sexta-feira, 15 de abril de 2011

Por cá

Estava submersa num frio de cortar. O chão de calçada, larga ou estreita, cala a boca a quem refila contra a Portuguesa, que vai-se a ver, e é Europeia ou algo do género. Toda a cidade é de uma imponência inigualável. Desde a chegada, até à partida, calcorreei ruas e monumentos impressionantes, de uma riqueza histórica fenomenal. Pela positiva, quase tudo, destacando os pormenores arquitectónicos, a beleza, a organização dos povos nórdicos. Pela negativa, apenas algum excesso de rigidez nas caras de quem vive em ordem.

Recomendo vivamente. A poder, voltarei com toda a certeza.

3 comentários:

  1. Sê bem vinda :):). Pelos vistos carregaste baterias :):)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Aposto que calcorreaste sem os tradicionais saltos altos :) Bem vinda :):) Só hoje te descobri regressada :):):)

    ResponderEliminar
  3. Sputnick, estás certíssimo. Mas com pena minha, que as Checas são altíssimas e Habituadíssimas a andar empoleiradas. Senti-me tão pequenina :):)

    ResponderEliminar

Deixar um sorriso...

Seguidores