domingo, 5 de julho de 2009

O carrossel...


Há dias assim, que reúnem quase simultâneamente sensações extremas, opostas, distintas... Sou mais da tranquilidade, mas no turbilhão da minha existência, começo a habituar-me a este carrossel, de altos e baixos, veloz, e nada monótono... Tem por norma um aspecto delicioso, com luzinhas, e bancos de faz de conta. Charrettes, e afins, que nos conduzem, e nos embalam, sob os desígnios dos sonhos... O verdadeiro senão, para além dos baixos, é que andam à volta. É bem verdade que a perfeição não existe...
De qualquer forma gosto do meu Carrossel... Estão a ver-me lá? Procurem bem... Estou algures ali, sentada numa charrett, que não sei muito bem para onde me leva... Mas a viagem é tão, mas tão boa, que independentemente do destino desconhecido não consigo saltar fora... Também, dizem que o caminho se faz caminhando... E dizem ainda que os momentos mais felizes são os que passamos no caminho... Ou esta gente anda toda a enganar-me, ou o meu é o certo.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Deixar um sorriso...

Seguidores