domingo, 23 de setembro de 2012

Outono




(Gosto da sensação do filme com o nome oposto, Kubrick será sempre Kubrick, mas os meus olhos estavam hoje bem abertos. Para além da circunstância, o Outono é aquela altura do ano que adormece pessoas e acorda outras. Como qualquer outra altura, de todos os anos. Não me encontro submissa ao tempo, mas situo-me, sempre, muito fiel ao meu Outono. Quase tanto, como ao que os meus olhos querem ver.) 

2 comentários:

Deixar um sorriso...

Seguidores