sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Os votos

Se me perder em análises, concluo algumas evoluções, outras desilusões, várias estagnações, enfim, uma panóplia de coisas que fazem parte da vida, que ela é mesmo assim. Se a queria diferente, queria. Se a queria igual, também queria. Queria acima de tudo, e porque a cada dia que passa, mais essa necessidade se me insurge, manter a estrutura. Ela às vezes abana, mas até hoje, nunca caiu.
Que todos consigam o que pretendem, são os meus votos.

1 comentário:

Deixar um sorriso...

Seguidores