domingo, 6 de setembro de 2009

Da hipocrisia...

"Não é que eu seja anti-social. Mas detesto hipocrisias. E a vida social de quem detesta hipocrisias fica muito limitada." Pedro Mexia ( Roubada da C., que roubou ao PM)


Tenho dias em que me apetece isolar-me do mundo. Porque a hipocrisia dos que me rodeiam transcende-me, e, embora não a consiga eliminar, também não a consigo suportar. Gente que me cerca carregada de jogos de interesses e de faz de conta. Conheço o suficiente do mundo para ter consciência de que o isolamento não é o melhor remédio. Mas confesso que também não me emerge nenhum verdadeiramente eficaz. Tento não entrar nestes jogos de fantasia falsos e desleais. É mais uma na minha vida onde escolho o caminho mais difícil. Mania dos trilhos complicados, não há hipótese.

Alturas há em que me orgulho. Outras existem em que reconsidero, e quase me julgo burra, de tanta hombridade neste mundo de cão.

2 comentários:

  1. Orgulha-te e nunca mudes. Eu atrevo-me a acrescentar que, para além de tudo o que descreves, outra coisa que também me faz sentir um bocado "freak" é a futilidade e a falta de cultura. Às vezes, fico mesmo sem saber o que dizer... enfim, é o mundo que temos, resta-nos o nosso, só nosso.

    Beijo

    Adoro o que escreves.

    ResponderEliminar
  2. Não estás sozinha, há mais gente assim e o importante é que se mantenham, um dia isso deixará de fazer sentido, a hipocrisia evidentemente.

    ResponderEliminar

Deixar um sorriso...

Seguidores