segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Politiquices...

Depois do dia em cheio, a calma da minha casa. Sabe-me que nem nozes, a tranquilidade depois da tempestade. Enquanto deambulo, ligo a TV. Recuso-me a ter aparelhos desses espalhados pela casa, e os interesses são negociados com o outro membro cá do estaminé. Eu tenho direito a umas coisas, ele a outras. Há que partilhar, desde cedo, para se aprender como é. Nomeadamente os Homens, que têm particular dificuldade, nestas andanças de partilhas de controlos remotos. Na minha hora, arrisco um dos telejornais. Ao acaso, pois são todos iguais ou muito parecidos. Domingo vamos a votos, e o assunto está mais do que na ordem do dia. Penso. Já ando por cá há uns anitos. Já votei Referendos, Legislativas, Autárquicas,Presidenciais. Já tive dúvidas. Certezas, poucas ou nenhumas, e ainda bem, pois se as tivesse tinha estado errada. De qualquer forma, nestas eleições em particular, e mais ainda nas outras que se seguem, experimento a sensação de não saber de todo para onde me virar. Dado que à medida que evoluímos, vamos regra geral, refinando ideais, concluo que, o problema não sou eu, ou as minhas eventuais indecisões. E mais não digo.
Até porque já ninguém tem pachorra para politiquices.
Vou só ainda, numa de conclusão, destacar pela positiva, os nossos Gatos Fedorentos. A César o que é de César...

Sem comentários:

Enviar um comentário

Deixar um sorriso...

Seguidores