terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Momentos...


Felicidade é sempre felicidade, é certo. Ou melhor, momentos felizes são sempre momentos felizes. Mas ainda assim, há momentos e momentos. E os que surgem quando menos se espera têm um sabor aguçado. Tudo pode ser igual. A envolvência, o ambiente, a partilha. Mas o inesperado é um nobre mágico, que acentua os sentimentos. Ou é isso, ou a nossa expectativa, que quando ansiosa, espera demais. E quando se espera demais, facilmente surgem desilusões e defraudes. Quando pouco se espera, tudo sabe a muito. É como o efeito de um carro de madeira, no Natal de uma criança de outrora.

3 comentários:

  1. Concordo plenamente.
    Eu decerto teria mais momentos felizes se não esperasse tanto (em quantidade, não em tempo).
    ;)

    ResponderEliminar
  2. Somos os primeiros a sabotar a nossa própria felicidade... nunca é demais ter alguém que, de vez em quando, nos recorde desse pequeno facto.
    E sim, há momentos, que sem terem nada de fantástico, são muito, muito especiais - e são os que nos sabem melhor :)

    ResponderEliminar

Deixar um sorriso...

Seguidores