domingo, 27 de dezembro de 2009

Parece-me bem. Muito bem, vá...


Li por aí, que este Digno Senhor aqui ao lado, vem a terras Lusas, já em 2010. Não sou menina para acampar uma noite, na porta de uma qualquer bilheteira, à espera de bilhete. Mas sou menina para pagar um bilhetito a quem o faça por mim. Sou, sou.

O must, dos musts, seria uma entrada nos camarins, e um contacto assim, têt a têt, com o Digno. Ou então, melhor ainda, ele sacar-me do meio do mulherio histérico, e levar-me para o palco. E cantar-me, assim, só para mim, um Quando, Quando Quando, ao qual eu dispensaria perfeitamente a Nelly Furtado. Pronto, era isto.
Ok, ok, entrei em delírio. Devem ser ainda, os efeitos dos doces de Natal, a atrofiarem-me os neurónios. Coisas.

1 comentário:

  1. Bem, eu dispesaria o têt a têt, mas o resto, sim senhor, subscrevo. Ah, mas com a Nelly :):):)

    ResponderEliminar

Deixar um sorriso...

Seguidores