segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

Da ladra que há em mim

"Nenhuma coisa senão o amor
Ama e faz o que quiseres. Se calares, calarás com amor; se gritares, gritarás com amor; se corrigires, corrigirás com amor; se perdoares, perdoarás com amor. Se tiveres o amor enraizado em ti, nenhuma coisa senão o amor serão os teus frutos."



Santo Agostinho, citado por Pedro Mexia, no Lei Seca. E roubado por mim agorinha mesmo. Estou quase lá. E está em azul, não ao acaso. É uma boa cor. E vem aí o ano novo.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Deixar um sorriso...

Seguidores