quarta-feira, 7 de março de 2012

...

Tenho dias em que me perco a ouvir algum debate da Assembleia. Não por opção definida, mas porque calha ir no carro àquela hora, e calha ligar o rádio na Antena 1, e calham então assim um conjunto de circunstâncias propícias a tal ocorrência. Normalmente acabo a rir com o poder retórico manifestado pelos oradores. Eu, por exemplo, nunca poderia ter sido política. Aquela troca de galhardetes empanados e mal cheirosos, já me teria por certo entulhado as entranhas.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Deixar um sorriso...

Seguidores