quarta-feira, 15 de abril de 2009

Cuba


Consta a possibilidade do fim do embargo a Cuba.
Finalmente, e não seria de esperar uma outra atitude de alguém com o caracter de Obama, surge a possibilidade de evolução para um dos mais belos Países que conheço.
Terá decerto pontos negativos, como possivelmente a perca de alguma coesão do Povo Cubano, mas isso não é significativo perante as portas que se irão abrir para o paraíso de Fidel, amado por Che Guevara, e onde Ernest Hemingway escreveu as suas obras de arte, in La Floridita...
Sem dúvida uma sociedade possante, que longe do mundo actual se desenvolveu a um apogeu inimaginável e julgo que mesmo inatingível a outros povos...
Ir a Cuba, assume um carácter de regresso ao passado, a mentalidades toldadas por um regime à parte, do qual se orgulham, e que proclamam aos Turistas... Viva a Revolução, ainda é frase de ordem, que se grita com orgulho, por uma sociedade com uma cultura histórica riquíssima...
A imagem que deixam, apesar das agruras, é de um Povo pobre, mas feliz, com um orgulho infindável naquilo que é seu, na sua riqueza real, ingénua e circunscrita ao que a terra lhes proporciona. E proporciona de facto; Cuba é um País solarengo, salpicado de sorrisos, e banhada por águas cálidas e de um azul inconfundível... Lindo.
Parece-me que o levantamento do embargo permitirá ao Povo Cubano uma igualdade de circunstâncias que até hoje, injustamente lhe tem sido negada; pelos Estados Unidos, e pelo Mundo... Espero que a força de luta se mantenha, pois chegarão longe.
E já agora, sugiro a todos uma espreitadela, se não vos for possível uma escapadela. Mas se vos for possível escapem...Vale a pena, pelo paraíso terrestre, e pelo que podemos aprender com a força de um Povo... E já agora por um Rum inconfundível, e para quem gosta, por um Cohiba... Nem que seja só sentir-lhe o cheiro...

Sem comentários:

Enviar um comentário

Deixar um sorriso...

Seguidores