segunda-feira, 6 de abril de 2009

Gandas Xutos... Sempre...


Chega hoje ás lojas o novo álbum dos Xutos e Pontapés... A banda na qual ainda em criança, comecei a ouvir falar pela boca do meu pai, nos meus sete, oito anos, e que achava inocentemente que era mais uma das suas brincadeiras para me fazer rir, pois não concebia uma Banda com esse nome... O meu pai fazia render a fruta, e eu ria, longe de pensar que aquele nome que julgava fictício ia povoar a minha adolescência, e mais, a minha adultez... Volvidos uns anos, ouvia concertos dos Xutos por todo o lado onde passavam e que me fosse possível deslocar; desde a Semana Académica, ao Festival de Vilar de Mouros, ás Festas da Cidade... Marcaram sem dúvida a minha adolescência, e hoje em dia, se puder ainda os ouço; porque continuam a ser uma Banda Rock genuína, porque me fazem regressar a momentos deliciosos, porque me permitem viagens aos tempos em que a vida ainda era cor de rosa. São regressos com alguma nostalgia, como todos os regressos, mas são boas memórias... Não sei se algum dia o meu filho irá ouvir Xutos. Se for o caso, parece-me possível numa perfeita cumplicidade entre gerações assistirmos juntos a um Concerto, e vibrarmos os dois... Sim, porque os Xutos continuam a ser à maneira deles, os Homens do Leme...

Sem comentários:

Enviar um comentário

Deixar um sorriso...

Seguidores