domingo, 12 de abril de 2009

A perseguição...


Só para que saibam a doçaria da casa da avó era composta por morangos com chantilly, mousse de chocolate, torta de coco e pudim de ovos. Tudo feito à moda antiga, e com aquele gosto das avós...
Como que por magia, consegui num extremo acesso de bom comportamento ficar-me por meia dúzia de moranguitos, banhados com chantilly, e um pedacito (quase) inofensivo de torta de coco.
Depois povoaram ainda o meu dia, uns ovos de chocolate ( que não me perturbaram nada por ai além), e umas amêndoas da Confeitaria da Ajuda ofertadas à minha nada gulosa pessoa... Ai é que a porca começou a torcer o rabiosque...Eis senão quando, não percebo muito bem porquê, depois de um dia de comportamentos exemplares, aquelas bandidas das amêndoas me tiram do sério, e todas as minhas boas intenções ficam como que adormecidas. Num acesso de gulosice incontrolável, engulo meia dúzia quase sem mastigar, como se não houvesse amanha...
A minha sorte é que ainda a tempo ( ou melhor quase a tempo, pois ainda engoli umas 6...) acordei para a vida, e de imediato, depositei numa casa alheia, de uns ainda mais gulosos do que eu, o pacote do pecado, que me perseguia lânguidamente... Sim, porque aquilo a que eu não resisto o melhor mesmo é não ter por perto... Ufa, enfim só...

Sem comentários:

Enviar um comentário

Deixar um sorriso...

Seguidores