sexta-feira, 24 de abril de 2009

Sacudir a água do capote...


Tipicamente Português, e manifestação pura de falta de carácter. Não sei porquê, mas é das atitudes que mais abomino. No trabalho, na vida, em tudo quanto é lado... Atirar a culpa para o vizinho do lado é tão mais fácil do que assumir que se errou... Frases do tipo Não sei quem foi, Eu não tenho nada a ver com isso, ou Isso deve ser trabalho de fulano, povoam o nosso universo, minando toda e qualquer higienização das relações, nos mais diversos domínios. Por outro lado, e se for para receber louros, está tudo mais do que disponível, mesmo se aí, o mérito for alheio. Causa-me repulsa, daquelas verdadeiras, superiores à causada por um lagarto, uma lesma ou um qualquer aracnídeo, que acreditem, me assusta verdadeiramente... Mas por que raio não existe por ai o culto da hombridade, e não se atribui a César o que é de César, com tudo o de mau ou de bom que isso possa acarretar?? Até porque não custa nada assumir um Sim, fui eu... Enganei-me, por exemplo; e sabe muito melhor um Bom trabalho, quando o ouvimos merecidamente, do que ouvido sem sermos merecedores do elogio... Como Psicóloga, acho até que um elogio ouvido indevidamente, nos deve fazer sentir algum complexo de inferioridade; do tipo, Isto não deveria ser para mim, e porquê?? Se calhar porque não me esforcei o suficiente...
Mas pronto, o ser Humano é mesmo assim; venha o que nos fizer sentir bem ( mesmo que por dentro, na nossa consciência saibamos que não merecemos), ou melhor, nos faça parecer bem; e sacode-se o que nos faz sentir mal; ou nos faça parecer mal, sim, é mais isso; é prático, muito mais do que mudar o que temos de menos bom... Mais uma tipicamente Portuguesa, vamos mandar a culpa ao vizinho. Há, e o cãozinho acima não vem só porque é giro e até tem uma capa, nãããoooo... Também eles, coitaditos, quase sem saber, são protagonizadores da terrível situação acima descrita... Se não perguntem ao vizinho de cima, de quem é o cócózinho em frente à porta do prédio... Do meu cão? Nunca... Deve ser de um vadio qualquer...

Sem comentários:

Enviar um comentário

Deixar um sorriso...

Seguidores