quarta-feira, 15 de abril de 2009

Uma questão de feitio!!!


Definitivamente sou bom feitio! Embora tenha amigas e familiares mais ou menos chegados que teimam em dizer que sou do piorzinho que existe na face da terra. Eu própria chego a pensar que sim. Digo raios e coriscos quando me fazem alguma, mato e esfolo, e mais uma série de atrocidades capazes de fazer Maquiavel parecer um anjinho. Se for vítima de alguma injustiça, então acho que roço mesmo o limiar do diabólico... No entanto, quando menos se espera, a minha ruindade é posta à prova. Deve ser algum ser superior, que quando capta que eu estou armada em "dou cabo de tudo", assim versão Dragon Ball no feminino, resolve abanar-me e lembrar-me que afinal até sou gente normalzinha, e mais, uma amor de pessoa :)) Aconteceu hoje; passou por mim uma digna ( ou não) Senhora que à um tempo resolveu cruzar-se comigo na rua e não me cumprimentar. Assim, à descarada, frente a frente, cross fire... Confesso que à parte de não ter grande afeição pela dita, um bom dia não nego a ninguém, e fiquei um pouco irritada de não ter sido retribuída. Rezo logo a minha ladainha, nunca mais lhe digo nada, e isto e aquilo, sua esta sua aquela... Hoje, passo novamente pela dita, que se arma de simpatia e me saúda com um olá como está? Eu, contra toda a minha potencial garra, desmancho-me que nem gelatina ao sol, sorrio, e retribuo com um Bem obrigada, e a Senhora? Mas o que é isto? De imediato fiquei vermelha de raiva pelo que acabei de fazer, pois tinha jurado a mim mesma a tal postura de "assim me queres, assim me tens"... Logo, queridas amigas, familiares e público em geral, cuidadinho... É que para a próxima que alguém tiver a coragem de levantar o boato que em mim reside um mau feitio, vão ver o que é bom para a tosse... Há pois vão...

Sem comentários:

Enviar um comentário

Deixar um sorriso...

Seguidores