sexta-feira, 6 de maio de 2011

Desabafos

Há dias em que me sinto correr. Como se o tempo me escoasse do corpo, e em mim não se albergasse. Como se não me chegasse para o que quero, como se precisasse, imprescindivelmente, de dias maiores. Nesses dias, tal como hoje, sinto saudades de o matar. Com isto, aquilo, com tudo e com nada, apenas para distrair.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Deixar um sorriso...

Seguidores