quarta-feira, 20 de maio de 2009

Homens, por favor, não entrem por aqui...


Mark Vanderloo
( Desculpem a publicidade, mas adoro a foto e o o perfume, por isso calculo que me perdoem...)
E depois existem aqueles, do tu cá, tu lá, que aparecem, vindos do nada, como se tivessem o direito assistido de nos exigir que lhe contemos a vida, e, quase pior, de levar com a deles. E depois a abordagem é de tal forma cerrada, que é necessário adoptar estratégia para os conseguir parar, tal o embalo. Nos escassos dois minutos que lhe dispensei, conseguiu desembuchar que esteve doente, lhe desfizeram o casamento, tentou reconciliação e não deu, e que já se reformou. Bem, tem mérito, sim senhor... Há, e ainda tentou um e o teu ex-marido? Gente pronta esta... Na língua não há quem os pare, e têm uma curiosidade deveras aguçada; será que são assim em tudo?Podíamos sempre aproveita-los para as lides da ciência, por exemplo; teve azar... Já não sou flor que se cheire, e no fim de um dia de correria, levou com um até à próxima, que agora não tenho tempo, e sinceramente, a sua vidinha não me interessa lá muito. Era só o que mais me faltava... Ainda por cima Homem, que nestas coisas da cuscuvilhice, quando se deixam afectar, o assunto fica sério; e fica-lhes tão mal... Desculpem, caros Senhores, mas abomino, verdadeiramente Homens cuscuvilheiros; não combina, percebem??? Imaginem o exemplar acima a perguntar com um ar de inquisição, então miga, c'mé a vidinha? Já te casas-te outra vez??? Combina, combina??? Não combina, pois não?? Vá, vão por mim que sei o que digo...

Sem comentários:

Enviar um comentário

Deixar um sorriso...

Seguidores