domingo, 23 de maio de 2010

Unhas


Hoje, numa mesa de esplanada a meu lado estava uma loira vistosa, de cigarro na mão. De decote até ao umbigo, boca deveras pintada, cabelo selvagem, e unhas de gel com umas bandeiras Americanas desenhadas. Falava alto, enquanto gesticulava, exibindo orgulhosa, aquelas obras de arte. Não tenho nada contra quem goste de se exibir. Tenho qualquer coisa contra quem fale muito alto, principalmente quando tento ler calmamente o jornal, e ainda contra quem me deita fumo para cima, coisa desagradável. Tenho muita coisa contra unhas de Gel com bandeiras pintadas, ou outras coisas do género. Chego a vê-las também, qual obras primas maravilhosas, nas mãos de Senhoras, no Super mercado ao Domingo de manhã, conjugadas com um fato de treino, um chinelo de enfiar no dedo e um rabo de cavalo. Fantástico.
Querida S, sei que fazê-las faz parte da tua vida. Descansa meu anjo, contra ti não tenho nada, tu sabes.

6 comentários:

  1. A única palavra que me ocorre é... Parola!
    Bjinho e boa semana!

    ResponderEliminar
  2. Tens a certeza de que era mulher? Não seria um travesti? :):):)

    ResponderEliminar
  3. Susto, é sempre a palavra que me ocorre quando vejo uma personagem dessas. ; )

    ResponderEliminar
  4. Também não vou muito à bola com tais "obras de arte", demasiado vistosas e trabalhadas para o meu gosto. ;))

    ResponderEliminar

Deixar um sorriso...

Seguidores