domingo, 27 de maio de 2012

...

Aquilo ali em baixo não deixa de ser um desabafo. A bondade pura talvez exista, devo admiti-lo. Permaneço então na dúvida, julgo que eterna, dessa bondade traduzir um inatismo ou o constructo. Um dia apreciava ter conclusões fundamentadas sobre este assunto.

( As ciências do Homem deram-me umas luzes. Fracas, ténues e limitadas, quando comparadas à imensidão da mente.)

2 comentários:

Deixar um sorriso...

Seguidores