quinta-feira, 17 de maio de 2012

Triste é

quando o negro da alma se impõe ao negro da vida. O inverso é sempre suportável.

( Estarão eventualmente relacionados, bem como um outro conjunto de situações que permitem o equilíbrio do nosso sistema interno. Serão as da vida que impõem as da alma, mas enquanto a mesma não sucumbe e não morre de tristeza, as vicissitudes destilam-nos dentro do corpo, sejam poucas, sejam muitas. Depois de passada a linha, mesmo as poucas são demais.)

Sem comentários:

Enviar um comentário

Deixar um sorriso...

Seguidores