domingo, 25 de abril de 2010

Chata

José Gameiro, o Psiquiatra que salva casais, dá dois dedos de conversa ao I., nos intervalos, como ele mesmo diz. Aproveita ainda para dizer, que muitas das vezes, os homens não sabem ser maridos, e que as mulheres são chatas. E ainda que não trata casais, onde o sentimento se esvaiu, nem que seja de um só lado, como se de resto, isso ainda fosse casal. Há uma filtragem, portanto, entre o tratável, e o que já não tem salvação possível. Uma perspectiva interessante, numa conversa muito prática, clara, e em nada elaborada. Porque é da simplicidade que trata. Eu, uma incrédula por natureza da terapia de casal, quase lhe achei piada. Pela franqueza, pela clivagem, e pela admissão de que grande parte, são casos perdidos. Quanto às conclusões, dos maridos que não sabem ser, e das mulheres que são chatas de mais, não podia concordar mais. São uma ralação causa efeito, diria. Os Homens são práticos, em nada amorosos por natureza, salvo as devidas excepções. As Mulheres, românticas e idílicas, perante a distância, em vez de respeitarem, cercam, e assumem-se chatas, em todo o seu esplendor, e nisso diria eu, são mestras. Eu mesma, também já fui assim, mas nunca mais vou ser. Posso vir a ser muita coisa, mas tenho para mim, que nunca mais vou ser uma Mulher chata.

6 comentários:

  1. Nem mais. Os homens facilmente desligam e se tornam pouco atenciosos e as mulheres tornam-se dificeis de aturar com tanta cobrança e insegurança. Afinal, qual é o segredo? Bjs

    ResponderEliminar
  2. Salvo raras excepções, tenho por hábito cometer um erro uma vez. Assim foi com o meu primeiro "amor" fui chata....muito chata, claramente e indubitavelmente chata! Como foi nessa relação que ao fim de 5 anos( o tempo que ela durou) descobri que não passou um mês em que não tivesse sido traída...bem isso deu-me uma perspectiva de "o que tiver que acontecer acontece, independentemente de sermos chatas ou não!".
    Hoje sou uma não chata reconhecida...no relacionamento... o futuro...a Deus pertence, como se costuma dizer.
    ;)

    ResponderEliminar
  3. Aquilo que a leva a ser incrédula relativamente à terapia de casa poderia levá-la a ser mais prudente com generalizações tão grandes como "os Homens são..." e "as Mulheres são...".

    ResponderEliminar
  4. LOL Nem eu! :):) E olha que já fui muito...eu não diria chata, mas assombrada pelos piores pesadelos, abandonos, etc. etc. Em suma o tipo de coisas que nos torna chatas :):):)

    ResponderEliminar
  5. Com alguma pena minha, não sou lá muito dada a prudências. Sorry...

    ResponderEliminar
  6. Que bom que é contrariar-se naturalmente o que supostamente está pré-estabelecido :)

    ResponderEliminar

Deixar um sorriso...

Seguidores