segunda-feira, 12 de abril de 2010

Corridinhas e assim...

Da janela da minha humilde casa, tenho vista directa para a ciclo via da cidade. Uma via em tons de encarnado, quase bordeaux, construída com o propósito, nobre, de acabar como o ócio do pessoal. Bem sei que de Inverno, as caminhadas debaixo de frio e de chuva não apetecem, e que é no verão que as gentes acordam para a vida, e madrugam a caminhar. Mas não consigo deixar de achar caricata a extraordinária diferença existente do inverno para o verão, sendo que, por esta época, tudo anda, corre e marcha, sendo quase necessário um policia sinaleiro, a fim de evitar choques estrondosos. Fazem-se dietas de emagrecimento atrozes, e profere-se de boca cheia, que desta é que é, que desta é que vestem o biquíni, e que desta é que fazem furor. Tudo, devidamente proferido por figuras possantes e cheias de vontade, como a minha vizinha de baixo. Que nos entretantos, daqui a uns dois meses, já esqueceu toda a vontade primaveril, e já voltou a entregar-se ao sofá, sítio calmo e soalheiro, que partilha com os gatos lá de casa. Não me faz comichão, acreditem que não. Só quase me causa alguma soltura na língua, quando me pergunta, com ar triunfante, e tão possante como há um mês atrás, se não se nota que está muito mais magra. Eu, na minha boa educação, tenho por hábito encolher os ombros e deixar sair um tímido sorriso, a fim de preservar a força de vontade da Senhora. A ver vamos, até quando. Um dia destes, mais atarefado ou assim, em que me encontre atafulhada de sacos e outros pertences, rumo ao terceiro andar, ainda profiro alguma barbaridade, quase tão tamanha como ela, coisa que não seria nada bom de acontecer. Depois dessa desgraça, ainda me atirariam à cara, ser eu a responsável pala desistência da pobre criatura, tão esforçada e empenhada, e lá se iria a minha reputação de boa samaritana. A estas gentes, e numa de evitar conflitos internos na minha pessoa, entre sinceridade e simpatia, peço o favor de não me perguntarem nada. E de se cingirem aos vossos olhos, espelhos, maridos ou outros que tais. Boa? Boa!

4 comentários:

  1. Também tenho vista para a ciclovia...é uma paródia!

    ResponderEliminar
  2. Não percebo, ou até percebo. è tudo aparência. Buscam ficar belas só para os outros verem, para vestirem o biquini, para os outros verem. Nao porque façam por eles mesmos. Isto no geral que falo. Mas o certo é que há pessoas que se preocupam muito com as aparencias. Morre alguem, vestem de preto para os outros verem. è um casamento, vestem se bem, depilam as pernas, para os outros verem. depois se calhar para o marido nao há nada disso. Vao à missa, vao ao cabeleireiro para parecer bem, para os outrso verem. :P Enfim...porque nao fazem por eles ou elas mesmos, e nao pelos outros, assim conseguiriam o que querem.

    ResponderEliminar
  3. Olha, agora por falar nisso, está na altura de eu começar uma dietazita lol

    ResponderEliminar
  4. Estou como a Antígona. A precisar :)

    ResponderEliminar

Deixar um sorriso...

Seguidores