sexta-feira, 2 de abril de 2010

Viver todos os dias cansa

Há dias em que questiono posturas. Daquelas sérias, de vida. Quando encontro gentes de longe ou de perto que já foram mais minhas ou junto de mim. Olho para felicidades alheias, e admiro-as com força. Olho para mim, e admiro-me também. Não obstante, algumas vezes, julgo que a adaptação a isto ou àquilo, porque dá jeito ou assim, pode ser um caminho mais fácil. Um contentar-se com pouco, um querer quase nada. O Pedro Paixão diz que viver todos os dias cansa, e eu concordo com ele. Acrescento ainda, que viver a lutar pelo que se quer, deve cansar mais. Embora na maioria dos dias, eu ache que não me vou cansar nunca.

2 comentários:

  1. Cansa. Às vezes cansa. Mas tem outras em que as compensações são tantas e tão grandes, que matam de uma só vez todos os cansaços :):):)
    Um beijinho para ti

    ResponderEliminar
  2. Se cansa... Já me senti assim: cansada, esgotada, tonta de tanto lutar. Mas as compensações acabam por chegar. Que a vida nos dê algum descanso para recuperar forças.

    Bjs

    ResponderEliminar

Deixar um sorriso...

Seguidores