domingo, 18 de abril de 2010

Danças


Os serões de Domingo onde se dança, põem-me a pensar, ou não fora eu uma pensadora de excelência, quanto mais não seja porque tenho tempo para isso. É uma arte fantástica a dança, o ritmo, o corpo, e a conjugação de tudo isto, com gente de garra e de vontade. Só não entendo muito bem, o porquê da falta de noção de alguns, que se mexem de forma atabalhoada, e acham que dançam. É a liberdade no seu esplendor, claro que sim, mas tenho para mim que a noção do ridículo foge a muita gente, e isso não é saudável, embora exista quem ache que sim. É uma palavra que não gosto, ridículo. Revela-me sempre ausência de limites, que na dose certa, fazem uma falta danada à vida.

1 comentário:

  1. Quando se têm, por exemplo, aulas de expressão corporal ou de representação, ridículo é palavra proibida. Risca-se do dicionário. :):)

    ResponderEliminar

Deixar um sorriso...

Seguidores