segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Férias

Diz-se que estou de férias. Uns dias guardados criteriosamente para esta época, altura em que o rebento se encontra em casa. A agenda está de tal forma carregada, que quando me perguntam se estou de férias, apetece-me responder qualquer coisa como, estou fora do meu local habitual de trabalho. E nada do que me assalta tem a ver com a época, que se fosse esse o caso, a coisa seria pacífica. Conforme fico velha, estou a tornar-me esquisita, também deverá ser isso. Férias para mim significa ausência. Da casa, da mente, da minha realidade. Dias entupidos de afazeres, que se arrastam propositadamente para esta altura em que não me desloco ao local de todos os dias, e onde me desdobro em duas para que tudo fique em ordem, e o ano se inicie sem problemas, não se podem chamar de férias. Quando arranjar um nome decente para isto, transmito.
A propósito, estou a precisar de férias. De casa, da mente, da minha realidade.

4 comentários:

  1. :):) Essa do velha é que me deixou de boca aberta! LOL Quanto às férias, esta quadra é sempre uma quadra de afazeres, quando não pela quadra, por outra coisa qualquer. O certo é que parece que férias só de Verão e, mesmo assim... :(

    ResponderEliminar
  2. Boa, Antígona:) A CF com 35 anos? Velha? :) É uma brincalhona:) Gostei e identifico-me completamente, como em 99,9999% dos casos.

    ResponderEliminar
  3. :) Eu disse velha no sentido de crescer. Não que já estou mesmo lá :):) Mas que caminho a passos largos, isso caminho :)

    ResponderEliminar
  4. percebo! também preciso dessas férias a sério...

    ResponderEliminar

Deixar um sorriso...

Seguidores