sábado, 9 de janeiro de 2010

Eu, o pequeno e a Nintendo

Da sala oiço um choro. Apresso-me a ir, pois ele tinha ficado sentado no sofá a jogar, e era estranho ter-se magoado.
- Mãe, diz-me lavado em lágrimas, a Nintendo desligou sozinha, acho que está avariada.
Tento que acalme, pego no brinquedo, ligo, e funcionou normalmente.
- Deve ter sido qualquer coisa que bloqueou filho, digo. Já passou. De qualquer forma, não era preciso ficares assim. Se um dia se avariar, haveremos de resolver.
- Tá bem, mas ia ficar uns dias sem ela, e eu não quero. Mas não te preocupes mãe. Um dia que tu avaries, eu também berro por ti.
Pronto. Estamos mais ou menos em pé de igualdade. Fiquei muito mais tranquila :):)

6 comentários:

  1. Sinais dos tempos, Mamã. Estás no patamar da consola :):)

    ResponderEliminar
  2. O meu irmão faz o mesmo. Se algum dos seus "electrodomésticos" avaria é logo uma birra

    ResponderEliminar
  3. HAHAHAHA
    O brilhantismo e ingenuidade das crianças é açgo tão fantástico. O mundo seria tão bem mais simples se penssasemo como eles. Bjos e bom fds.

    ResponderEliminar
  4. Acredita que foi uma enorme prova de amor! ;)

    ResponderEliminar
  5. LOL!!!
    Os miúdos são fantásticos!!!!

    ResponderEliminar
  6. eheheheh...são comentários tão descabidos, mas com tanto significado. São tão queridos...

    ResponderEliminar

Deixar um sorriso...

Seguidores