quarta-feira, 16 de março de 2011

Adiar/não adiar ( e daqui para a frente tipo o jogo do malmequer)...

Ofereceram-me uma caixa com bolos de pastelaria. Queques, pasteis de nata, bolas de Berlim. De momento, repousam na caixa semi fechada, bem defronte a mim. Temo, que o estado de repouso deles se altere. Sou capaz de acordar atrás, se vir uma ponta da bola a dar um ar de graça. Se ambos sobrevivermos ao dia, temo-lhes o destino nocturno. Logo, e à giza de conclusão, se calhar eliminamos o esforço hérculeo, e acordamos já.

3 comentários:

  1. Mais vale comer tudo já agora, é que à noite, depois não faz mais exercício, e acumula-se tudo onde não queremos... eheheheh

    ResponderEliminar
  2. Como a montanha não vem até Maomé (ou seja, como ninguém me oferece uma caixa de bolos!!), Maomé vai até à montanha, que é como quem diz, passei o dia a fazer pastéis de nata (ou uma espécie de...) e esta noite vão ser a minha melhor companhia :)

    ResponderEliminar
  3. Principalmente não os deixe estragarem-se, seria um tremendo desperdício! Para além de que tu podes comer os bolos que quiseres :), pelo menos por enquanto :):)

    ResponderEliminar

Deixar um sorriso...

Seguidores