sexta-feira, 18 de março de 2011

Tarde

A determinação é algo que executamos com orgulho, aquando da perseguição de objectivos. Tenho-lhe um hábito quase esmorecido, morto por assim dizer. Cansa a constância da busca do que tarda em vir. Dizia alguém que muito estimo, que tarde é o que nunca vem. Não partilho. O que vem demasiado tarde, vem tarde demais. Tarde o suficiente para que um considerável número de percas se conte. Tarde, pronto.

2 comentários:

Deixar um sorriso...

Seguidores