domingo, 27 de março de 2011

Cumplicidades


Leio, como já li tantas vezes, o amor de José e Pilar. Ainda que há distância, sinto-lhe a cumplicidade. A intriga acentua-se, dada a dimensão de ambos, actualmente, nem ser a mesma. E ainda assim, sinto-a lá tal e qual.

2 comentários:

  1. Umas das histórias de amor que admiro.

    ResponderEliminar
  2. Melhor que as dos contos de fadas, real, sentida, tão sentida que até nós a percepcionamos.

    Maria

    ResponderEliminar

Deixar um sorriso...

Seguidores