quarta-feira, 11 de abril de 2012

...

Vou sabendo coisas das quais me apetece fugir. Sempre houveram, hoje existem mais. Assaltos a idosos que entretanto necessitam de internamento hospitalar. Mulheres que parem sem a assistência devida, em hospitais devidamente credenciados. Assistentes Sociais de serviços que indicam a familiares aflitos alternativas clandestinas, de onde recebem gratificações gordas, tal e qual elas. E isto é apenas um ligeiro cheirinho nauseabundo do que se vive neste cantinho plantado na beira do mar. Qualquer dia, e sem querermos, damos azo à história da jangada de pedra e deixamos desprender a terra devagarinho, para que se cole a terrenos mais a sul, onde combinamos muito melhor com a paisagem.


1 comentário:

Deixar um sorriso...

Seguidores