quinta-feira, 26 de abril de 2012

Óscar

Óscar habita a minha casa e perturba-me o espírito. Foi ofertado a um pequeno ser que o adora de paixão, mas que já o teria deixado morrer de fome, não fosse a minha atenção diária de o polvilhar com uma comida colorida e mal cheirosa. Ontem perturbou-me particularmente. O pobre do bicho entrou numa qualquer espiral interna que o fez nadar em círculo, vezes sem conta, a uma velocidade alucinante. A perturbação que me causa nem é a sua existência, atenção. É pequeno, vermelho, de ar simpático e não tem bigode, coisa que dispenso nos peixes e em quase todo o lado, salvando uma ou outra excepção devidamente justificada. É o facto de o sentir preso num espaço redondo todo igual, onde deposito semanalmente cerca de dois litros de água limpa, enquanto o pobre esperneia na caixa ao lado, logo após ter sido pescado com uma rede verde. Uma aflição de meter dó. Tem alturas, em que se encosta numa ponta da sua pequena habitação, e quase parece que se lança intencionalmente para o lado oposto, numa vã tentativa de ganhar uma ambicionada liberdade que o mataria ( se calhar já vi disto mais vezes). A coisa ontem foi de tal ordem, que o pobre animal acompanhou-me noite fora. Numa ânsia desmedida saltou do aquário vezes sem conta, enquanto eu o tentava apanhar rapidamente a fim de o colocar novamente na água. O desespero da apanha era grande, mas nada comparado com o sentimento de impotência que sentia quando o danado saltava outra vez, e ficava estendido no chão até novo salvamento, abrindo e fechando a boca redondinha, tentando sorver o que não havia. Hoje espreitei-o e ele lá estava. Os meus sonhos não foram premonitórios, pelo menos por enquanto, coisa que me deixa deveras descansada. Exceptuando alguma noite simpática, uso salvar bicharada aflita, fugir de outra medonha, querer mexer-me sem conseguir, entre outros desarranjos diversos que me encontram frágil, entregue ao inconsciente, totalmente susceptível de ser encontrada.




2 comentários:

  1. Oh!!!! Coitadinho! Duas coisas: 1)vê lá se não andas a pôr água a mais no aquário. 2) Assim que puderes, e antes que o bicho caia para o lado de tão tonto que fica, compra-lhe um aquário rectangular, são maiores do que os redondos :) Beijinho

    ResponderEliminar
  2. Para além dos rectangulares serem maiores, são melhores para os peixitos; há qualquer coisa no formato dos redondos que perturba o equilíbio e saúde dos bichos e há estudos que confirmam que eles vivem menos tempo nestes aquários. Bom mesmo é arranjares um aquário maior, rectangular, com bomba de oxigénio e filtro e mais um ou outro amiguinho da mesma espécie. :) Boa sorte!

    ResponderEliminar

Deixar um sorriso...

Seguidores