domingo, 25 de outubro de 2009

Dias...


Há dias em que jornais, livros, e um qualquer filme, que até pode roçar o patético, nos fazem um bem, quase transcendente. Tudo isto regado com um chá de menta adoçado com mel. Gosto destes Domingos. Gosto da ausência de horas. Gosto de dormir e acordar quando me apetece. Gosto de quando me permito este dias sem regras e sem leis. Preciso deles como do ar que respiro. Há por aí quem diga, que deixam uma sensação estranha e enfadonha, porque nada de útil se faz. A mim, que sou do contra, são de uma utilidade extrema, e deixam-me a maravilhosa sensação de revigoro profundo. Coisas.

5 comentários:

  1. Dias assim fazem falta como de pão para a boca. E eu que não tenho um vai para um mês...

    ResponderEliminar
  2. O que eu gostava de ter uns domingos assim...
    Sabem muito bem. E sabes que mais? Chamem-me inútil que era só o que queria ter sido hoje ;)

    beijos

    ResponderEliminar
  3. Não dispenso um domingo assim. Mas tem de chover a potes.

    ResponderEliminar
  4. Concordo contigo, apesar de não poder ficar o domingo todo de papo para o ar, neste domingo ainda me dei ao luxo de ver um filmezito da treta que deu na TVI (e que bem que me soube eheheh). Maria_S

    ResponderEliminar
  5. Inspiro....expiro...e solto um aiiiiiiii que bem que sabem Domingos assim!!!!!
    :)

    ResponderEliminar

Deixar um sorriso...

Seguidores