sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Comichões...

Determinadas posturas põem-me aos saltos. Fazem-me comichões, como se de um ataque de pulgas se tratasse. Uma delas é a do eu já sabia, ou ainda a do eu bem tinha dito. Proferidas por norma, em contextos completamente impossíveis de prever. Como se num mundo de premonições habitássemos, e as certezas do futuro, fossem uma realidade. Expressões do género, são normalmente emitidas por alguém com ar de superioridade, como que a querer fazer parecer, que se é bom, nestas coisas da previsão. São ainda acompanhadas de um sorrizinho de satisfação, pela boa adivinhação. Um sorrisinho como que a dizer, vá, batam palmas, eu mereço. Será pedir muito, que me poupem a frases do género? Era bom. É que fico a modos que, com vontades estranhas em disparar bitaites. E olhem que sou boa nisso. Boa, mesmo boa. Muito boa, pronto.
Mas já agora, e à giza de conselho, adquiram uma bola de cristal. Uma mesa, uma tenda, e está o baile armado ( Com o devido respeito por quem trabalha à séria nas ciências ocultas, como é óbvio). Ainda ganham uns trocos e tal e coiso.

3 comentários:

  1. ...e se não quiserem ser empresários em nome individual, sempre podem mandar o CV para o "professor" Bambo.

    ResponderEliminar
  2. CF, posso acrescentar mais uma aí "quando fores mãe...vais-me dar razão!".

    Não há necessidade de "injectar" esta "carga de ansiedade" desde os 6 anos, como se de um "feitiço" se tratasse..."...mesmo que não viesses a dar razão...eu lanço-te um feitiço e VAIS-ME DAR MESMO RAZÃO!..."

    Quando fui mãe a 1ª vez, as palavras da minha mãe perseguiam-me: "Hummm...será que é agora que lhe vou dar razão, mesmo?"

    É bem verdade que já lhe dei razão várias vezes, durante este processo de relacionamento pais-filhos. Mas suspiro de alívio, por outras tantas que não lhe dei essa razão!

    :))

    ResponderEliminar
  3. Quem pensa que tem o dom a razão é quem mais erra. Qualquer conselho que se possa dar, por mais racional, sensato e ponderado que seja, é sempre um erro. A única coisa que não conseguimos deixar de ser é humanos, e como tal nem nós sabemos como reagiremos no futuro. Portanto a razão nunca se sabe qual será. "Eu já sabia" é pura hipocrisia.

    ResponderEliminar

Deixar um sorriso...

Seguidores