quarta-feira, 14 de julho de 2010

Birras


Grande parte das que conheço, afoga iras, desilusões e outros senãos, em limpeza e arrumação. Descobri que sou diferente há muito. Leio, como desmesuradamente ou não como nada, depende, passeio, vejo montras, e afins. Nunca, com a neura, passo duas máquinas de roupa a ferro, como a minha amiga F. A assim ser, até convidaria gente a arreliar-me, que seria um ver se te avias cá em casa, com dispensa directa da Dona L, o que, convenhamos, me dava um jeitão fenomenal.

4 comentários:

  1. lol pois é mal de família...é pena que os nervos também não me façam entrar num fanico de limpeza, arrumação e passagens a ferro...

    ResponderEliminar
  2. Oh, oh, o jeitinho que isso me dava! Bem, ganas de engomar ainda era o menos (eu sacudo a roupa e estico-a com as mãos e já vai com sorte) mas de fazer limpezas era uma maravilha. Em vez de começar de mau humor e acabar de pior humor, acabava de melhor e as limpezas ficavam mais bem-feitas.

    ResponderEliminar
  3. ah eu também não me viro às tarefas domésticas quando estou com a neutra mas até dava jeito às vezes!

    ResponderEliminar

Deixar um sorriso...

Seguidores