sexta-feira, 2 de julho de 2010

Dos anos que por cá trago

A nossa sociedade e grande parte das que conheço, teimam em encobrir a idade feminina, com engenho e arte, incluindo, para não dizer especialmente, as próprias mulheres. Percebo que o façam, e em tom de brincadeira, também eu já o fiz muitas vezes. Talvez até tenha já passado, uma fase pouco digna , em que com alguma mestria, teimava em ocultar os anos, como se o parecer mais nova, muito me desse. Hoje, e feliz de o ter conseguido aos trinta, orgulho-me como um raio da idade que tenho. Digo-o à boca cheia para quem me quiser ouvir, e se desilusões houver, paciência, que também eu me desiludo com imensa coisa. Há que aguentar, que o mundo é feito delas. Logo, caro Senhor E, tenho mesmo 33. Aquele número dos Mercedes do Continente, se bem se lembra. No entanto estou quase nos 34, estou velhota, portanto, nada crente na canção do bandido, que desdenho até mais não. Canções comigo, só bem cantadas e sob minha permissão. Coisas assim do género de chuto, a ver se cola, ui, que me deixam danada. Podia ter ido noutro sentido, que o efeito teria sido o mesmo, mas este sentido da idade, irrita-me ainda mais. Teve azar no tema, meu anjo, deixe-me que lhe diga. Logo, não gostei nada do facto de me ter dito, que uma Senhora não deve revelar a idade, sob pena de perder o encanto e o mistério, impropério que terminou, numa delicadeza fictícia, que não tinha sido o meu caso, como se eu lhe tivesse perguntado alguma coisa. Logo percebeu, que se não o perdera até aí, de imediato o perdi. É que o meu mistério é muito selectivo e direccionado, e não se perde nunca e em nada com determinadas personagens pouco dignas, que por azares de percurso e de labor, me vão cruzando o caminho, e com as quais eu sou do mais assertivo que existe na face da terra. Temos pena, sou assim. É a vida. Adeus e bom dia.

3 comentários:

  1. CF, tens toda a razão. Também eu tenho muito orgulho dos meus 37 quase 38 e também o digo á boca cheia. Aliás deste-me uma ideia e se formarmos o blog das "mulheres que não têm problemas em assumir a idade"? Que dizes? E olha que estou a falar bem a sério.
    :)

    ResponderEliminar
  2. Parece-me a mim muito bem. Nunca pesquisei isso de se fazer blogs com vários intervenientes, mas sei ser possível que existem muitos. Podemos pensar a sério no assunto. Teria todo o gosto em o fazer contigo :)

    ResponderEliminar
  3. Meninas, se me permitem a intromissão, aqui vai - assumir, não é mais que mera constatação, dado que não podemos fugir do assunto. Bom mesmo é cativar quem bem se entende (ou deixarmo-nos cativar) tenha-se a idade que se tiver. Contudo, contem comigo como seguidor. Sorrisos para vcs. :):)

    ResponderEliminar

Deixar um sorriso...

Seguidores