segunda-feira, 5 de julho de 2010

...

Sentada no sofá da sala, vejo ondas de calor lá fora. Descubro que as férias também podem ter parte chata, quando a temperatura sobe aos quarenta e motivos fortes nos cerram, ainda que temporariamente. Só ao fim do dia, largo a garrafa de água e ouso sair, má hora o fiz, que o calor era ainda abrasador. Os planos de amanha é chegar à praia bem cedo, dado que já nos permitem. Preciso dela. E preciso de mais coisas, que parecem acenar ao longe, enquanto me fogem. Assim, como nos sonhos.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Deixar um sorriso...

Seguidores